Saiu na web

Aedes aegypti transmite doença que pode causar morte de cães e gatos

Original Title: Aa_FC3_58a.jpgPouca gente sabe, mas o mosquito Aedes aegypti não transmite apenas a dengue, a febre chikungunya e o zika vírus, doenças características dos humanos. A fêmea do Aedes também pode transmitir uma doença para cães e gatos que pode ser fatal: a Dirofilariose, conhecida como verme do coração. Esse verme se aloja nas artérias destes animais provocando perda de peso, dificuldade de respiração, falta de ânimo e dilatação abdominal. Tais sintomas podem levar à insuficiência cardíaca e até ao óbito do animal. Portanto, não se esqueça de sempre usar repelentes de insetos para proteger o seu animalzinho de estimação deste mosquito.

Nossos melhores amigos tiveram origem na Ásia (provavelmente)

mat5 (2)Pesquisadores da Universidade de Cornell, NY, nos Estados Unidos, definiram, a partir de uma pesquisa genética com cerca de 5 mil cães, que os primeiros ancestrais dos nossos melhores amigos surgiram na Mongólia ou no Nepal há cerca de 15 mil anos. Mas esse não é o ponto final dessa discussão, já que foram encontrados alguns fósseis, um misto de cães e lobos, na Sibéria, (em território russo), com idade de 33 mil anos. Até agora, acreditava-se que os cães fossem originários do Oriente Médio.

Fumaça de cigarro pode causar câncer no focinho dos animais 

mat5 (3)Você sabia que os cães com focinhos mais longos como das raças Labrador, Golden Retriever e Pastores Alemães tendem a desenvolver câncer quando convivem com donos fumantes? As razões estão nas toxinas exaladas do tabaco, que se acomodam nos tecidos. Dai vem também a preocupação com os gatos, que têm o instinto de se lamberem. A dica é evitar, ao máximo, fumar perto dos animais ou em locais fechados.

MATÉRIAS RELACIONADAS